MK3 – sobre Foco e Fúria

Nova edição Warmachine e Hordes

A discussão de Fúria vs Foco é algo que vem desde o lançamento de Hordes, mais de 10 anos atrás. Diferenças entre essas mecânicas são ponto de reclamação constante entre os jogadores. Warmachine, com o warcaster gerando uma quantidade X de foco todo turno e tendo que distribui-la entre seus warjacks e si mesmo, é um jogo no qual, à medida em que o tempo passa e os warjacks vão caindo, o warcaster acumula mais poder. Um warcaster no final do jogo, com todo o seu foco disponível para si, é um oponente temível (exceto se for o Grayle, que é café-com-leite). Fúria, por outro lado, é gerada nas warbeasts e repassada ao warlock. Conforme as bestas vão caindo, o warlock fica sem sua fonte de fúria, e ele dificilmente será páreo para um warcaster.

Quer dizer, era assim, em MKII, mas não mais!

É oficial: as mecânicas de Fúria e Foco foram retrabalhadas em busca de maior equilíbrio ao longo do jogo, mas ainda sem tirar a individualidade de cada um.

O que mudou?

purple-circle-of-orboros-epic-kaya-battle-group-01
Fúria
Os warlocks e warbeasts na nova edição têm um laço que transcende a morte. “Spirit Bond”, ou ‘vínculo espiritual’, é uma nova regra que diz que, em adição à fúria sugada de suas warbeasts todo turno, um warlock pode receber um ponto de fúria por cada warbeast de seu battlegroup que já morreu. Isso vai ser mais um incentivo a se levar mais light beasts, e permitirá a um warlock se manter ativo até o fim do jogo. Vale mencionar que apenas light, heavy e gargantuan warbeasts beneficiam seu warlock desta maneira. As almas de lesser warbeasts e warbeast packs não são tão potentes.

cygnar-01
Foco
Foco também saiu ganhando com a mudança de edição. Agora os warjacks são afetados por “Power Up”, que diz que um warjack com um cortex funcional que esteja dentro da control range (não é mais “control area”, mas ainda é 2x FOCUS) de seu warcaster ganha um ponto de focus no início da Control Phase. O warcaster pode então alocar até dois pontos de foco adicionais para cada warjack em seu battlegroup (desde que tenha esses pontos, obviamente). É uma mudança simples, que multiplica enormemente a viabilidade do uso de warjacks em Warmachine.

Mas nem só de warjacks normais vive o homem, não é verdade? Como as mecânicas alternativas de foco funcionam?

Convergence
Vectors
Os vetores de Convergence of Cyriss sempre foram melhores em seu uso de foco. Sua engenharia insuperável e tecnologia muito além de seu tempo eram refletidas na mecânica de indução. Como ficamos, agora que a mecânica de “um foco de graça para os warjacks” praticamente deixa a indução obsoleta?

Os vetores de Convergence agora não têm mais o limite de um foco induzido por turno. Agora, desde que respeitadas as 6 polegadas de distância do alvo, até três pontos de foco podem ser induzidos. É isso aí, pessoal, tendo um posicionamento cuidadoso, você pode induzir os mesmos três pontos de foco por todo o seu battlegroup. Isso se torna complicado em charges e ataques de melee, visto que o primeiro foco deve ser induzido antes do movimento de carga e o resto, depois, mas quem gostava de explorar o potencial ranged de Convergence vai se esbaldar na nova regra.

cephalyx-monstrosity-1
Monstrosities
Finalmente, Cephalyx e suas monstruosidades de bioengenharia também não poderiam ficar para trás. Monstrosities, por não serem warjacks, não se beneficiam de Power Up. Ao invés disso, Monstrosities ganham um ponto de foco toda vez que tomam dano de continuous effects ou de um ataque (amigo ou inimigo). Além disso, monstrosities não perdem o foco na fase de Manutenção, armazenando-os até que sejam usados.

É isso, pessoal. Claro que, na boa tradição da Internet, sempre vai ter alguém chiando que Fúria é melhor que foco e vice-versa, mas este é o maior passo que tivemos até agora no balanceamento entre Warmachine e Hordes. Agora fica a dúvida… E ‘Jack Marshals? Jason Soles não quis nos dar nenhum spoiler nessa área ainda, mas disse que eles receberam um agrado também, então é ficar na espera até que saibamos mais!

Fontes, direto de Jason Soles:
Privateer Press Insider
Privateer Press Forums

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *