Warmachine: crescendo no jogo

Primeiramente, não, este artigo não é uma transcrição das regras de Warmachine, mas um ensaio sobre o que é importante no jogo, e algumas dicas para minimizar a curva de aprendizado, ou pelo menos torná-la mais suportável. Estou tomando como base coisas que aprendi na marra, discussões com meus jogadores em Curitiba, Press Gangers quando ainda existia o programa, e podcasts vários.

Apesar de Warmachine ser um jogo de dados, ele é também um jogo onde estratégia e conhecimento têm um papel importante. Conhecimento porque além das regras, saber o que o seu army é capaz de fazer é essencial, e saber o que seu oponente pode fazer é também valiosíssimo. De estratégia porque a exemplo do Xadrez, em Warmachine você lida com posicionamento, trocas de peças e tem que pensar no jogo alguns turnos para a frente. Os dados têm um papel importante, trazendo um pouco de incerteza para a mesa, mas cabe a você, o estrategista, mitigar o impacto que os dados terão sobre seu jogo.

Portanto, entenda primeiro:
Quando começar a jogar Warmachine, você vai perder. Vai perder muito, e vai perder feio.
Mas não desanime, não se deixe abater. O importante é que a cada partida você se esforce para entender o que aconteceu ali, o que você poderia ter feito melhor, ou talvez simplesmente diferente. Aprenda a perder, e aprenda a ganhar. Não fique esfregando na cara de seu oponente que você “varreu o chão” com ele, e não desmereça sua vitória atribuindo-a a dados bons ou ruins. É importante ser um bom oponente, ganhando ou perdendo. Algumas vezes você vai querer culpar os dados e é verdade, eles podem estragar um ótimo plano. Mas cabe a você mitigar o grau de influência deles através de bom posicionamento e cautela. Será que vale a pena partir pra uma assassination run se você está solidamente na frente em cenário? Ou então é hora de arriscar um “all-in” no caster inimigo mesmo que sua chance de conseguir seja apenas de 30%, já que sua chance, permanecendo no jogo, é de menos que isso?

Vá com calma!

Para conseguir esse crescimento como jogador, a melhor coisa é: jogue. jogue muito. E preferencialmente, jogue em profundidade. O que quero dizer aqui é que não basta jogar 10 partidas por semana, se você não se aprofundar nessas partidas. Mantenha sua lista mais ou menos constante, mude poucos modelos de cada vez,comece pela battlebox, jogue 5, 10 partidas antes de adicionar alguma coisa que te leve a 15 pontos, mais 5-10, depois 25…. Conheça seus modelos em profundidade. Talvez depois de conhecer bem a sua battlebox, troque o warcaster/warlock. Veja como a troca desse modelo central muda radicalmente como esses mesmos modelos se comportam. Troque a Sorscha pelo Butcher, Kaya por Baldur, Striker por Caine. Um erro comum que acomete muitos jogadores de warmachine, especialmente os vindos de outros sistemas onde estavam acostumados a partidas grandes, é de a cada semana vir com uma lista totalmente nova, e ter que jogar com modelos com os quais não se tem nenhuma intimidade. Estude sua lista, entenda o que funciona e o que não funciona, e pense no seguinte: sempre que você quiser mudar a sua lista, saiba explicar por que você está retirando tal modelo, e por que você está incluindo o modelo que está incluindo em seu lugar. Tente compreender o que sua lista faz bem, e contra o que ela é vulnerável. Lembre-se de que o modelo X em certa lista vai se comportar bem diferentemente que o mesmo modelo em outra lista.
Em Warmachine, a interação dos modelos é parte essencial do jogo. Quando você começa a visualizar isso, e as peças começam a se encaixar, você deixa de jogar damas e passa a jogar xadrez. E como todo enxadrista vai te dizer, algo a sempre manter em foco é:

 


Proteja seu rei.
Seu warcaster ou warlock é seu general, sua peça mais importante. Em alguns casos, principalmente em Warmachine (nem tanto em Hordes), é o modelo mais resistente que você terá na mesa. Proteja-o a todo custo, use o cenário, use seus outros modelos, e se você conseguir fazer isso sem anulá-lo no fundo da mesa, está no caminho certo. Os feitiços de seu warcaster são com frequência vitais para o andamento do jogo. Em cenários Steamroller, ele terá um papel importante por poder dominar uma zona (ao invés de simplesmente controlá-la), provendo mais pontos para aquela vitória por cenário.
No entanto, para poder proteger seu warcaster, é essencial que você saiba de onde estão vindo as ameaças, portanto…

 

Conheça as regras.

Saiba como LOS (Line of Sight, ou Linha de Visão) funciona, o que bloqueia e o que ignora LOS. Entenda os Power Attacks que Warjacks e Warbeasts podem fazer, o impacto que ordem de ativação vai ter no seu plano, E como projetar isso sobre seu oponente e interferir no plano dele também. Não tem como tirar seu warcaster do alcance do inimigo? coloque algo na frente que exija um ataque valioso para ser removido, de modo que esse ataque não chegue no seu caster. Use florestas, cloud effects, deviating AoEs. Entenda as regras do jogo, e não reclame se alguém conhecê-las melhor que você. Aprenda com isso. Warmachine é um sistema muito bem escrito, onde as regras são claras e específicas. A maior parte das dúvidas no forum de regras é resolvida relendo as cartas dos modelos envolvidos e os trechos relacionados no livro. Quando isso não basta, o forum de regras tem os infernals, grupo de voluntários cuja palavra define interpretações oficiais das regras. Leia suas cartas, releia o livro de regras depois de 6 meses jogando, você vai ver quantos detalhes e nuances você nem se lembrava.

Mas no final das contas, o que mais vai lhe ajudar a evoluir no jogo é a sua atitude, o seu interesse. E isso, como em qualquer outro jogo, de xadrez a World of Warcraft, de atletismo a futebol de botão, vai variar com o seu nível de comprometimento. Revisite seus jogos, tome notas ou documente suas partidas em battle reports nem que seja só para si mesmo. Pensar nos seus jogos é um exercício muito interessante, você começa a explorar cenários alternativos, e vai acabar vendo opções que passaram batidas durante o jogo. Se quiser, pode pedir ao seu oponente que te ajude a enxergar oportunidades de assassinato, que te mostre como ele acha que poderia ter feito melhor, e o que você fez que deu particularmente certo (ou errado). Se vocês quiserem evoluir como jogadores, uma boa discussão depois da partida vai ajudar muito nesse seu objetivo.
Enfim, Warmachine é um jogo complexo, profundo, com um impacto profundo da interação dos modelos sobre o resultado do jogo. Você, jogador, é o maior responsável pelo seu desempenho. Se sua praia é realmente só o modelismo, e joga por jogar, ótimo, há muito espaço para isso. Power attacks, interações inesperadas e muita variação de estratégias de exércitos, mesmo dentro da mesma facção, ajudam a dar uma variedade enorme ao jogo. Mas se você quiser evoluir como jogador, também há oportunidade para isso, e há muito a ser discutido nesse âmbito também.
O mais importante é se divertir, e se assegurar que seu oponente se divirta também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *